Passar para o Conteúdo Principal Top

covid-19_icon_300px-02

Logótipo

municipio

Carta Europeia de Turismo Sustentável do Alto Minho Renovada pela EUROPARC - Federação Europeia de Parques Nacionais e Naturais

Turismo
Carta europeia de turismo sustentavel 1 1024 800
12 Janeiro 2022

A EUROPARC - Federação Europeia de Parques Nacionais e Naturais renovou a certificação da Carta Europeia de Turismo Sustentável - CETS do Alto Minho, promovida pela CIM - Comunidade Intermunicipal do Alto Minho, integrada no projeto “Aldeias do Alto Minho – Walking & Cycling”, e apoiado pelo Turismo de Portugal, no âmbito da Linha de Apoio à Valorização Turística do Interior.

Este prémio reconhece o trabalho e o compromisso de um vasto leque de agentes territoriais, públicos e privados, em prol do turismo sustentável, que culminou com a apresentação pública da reavaliação da Carta Europeia de Turismo Sustentável do Alto Minho, ao abrigo da Estratégia de Desenvolvimento Turístico Sustentável do Plano de Ação para o período 2021-2024.

De referir que Ponte de Lima, a par dos restantes nove concelhos do Alto Minho, integra a primeira NUTS III de Portugal a possuir o galardão da Carta Europeia de Turismo Sustentável (CETS), concedida pela EUROPARC, desde 2015.

A Carta Europeia de Turismo Sustentável foi criada com o objetivo de “promover o desenvolvimento de um turismo sustentável em áreas protegidas e classificadas. A imagem do território como um único destino turístico, a inserção numa rede europeia de destinos de excelência, uma melhor organização da oferta turística, o reconhecimento da importância da população local e dos empresários no processo de planeamento e desenvolvimento da atividade turística.”

O Municipio de Ponte de Lima em conformidade com a estratégia da CIM aposta na reeducação da comunidade e instituições para o Turismo Sustentável. Uma nova forma de turismo assente nos pilares do respeito pela cultura, pelo meio ambiente e pelos recursos naturais, dando protagonismo à comunidade local e à sua importância no preservar da tradição.

De acordo com a CIM, e face à situação pandémica, o reconhecimento público desta renovação, está agendado para o dia 3 de maio, aquando da Conferência EUROPARC 2022, que se realiza na Áustria.