Passar para o Conteúdo Principal Top

covid-19_icon_300px-02

Logótipo

municipio

POCTEP

poctep

  • 0607_ARPAD_1_E - Archivo digital, conservación del patrimonio documental y eliminación de papel en las relaciones administrativas

    Custo total Elegível: 60.823,22€
    Comparticipação FEDER: 45.617,42€

    Aprovado no âmbito do Programa de Cooperação Transfronteiriça Espanha - Portugal, o projeto visa incrementar a implantação de tecnologias de informação e comunicação nas administrações públicas da área de cooperação da Galícia e Norte de Portugal, melhorando a cooperação interadministrativa e a gestão e conservação documental. Assim, permitindo o acesso a uma maior cidadania euroregional, aos serviços e a diferentes procedimentos administrativos, de forma eficaz e segura, de um e do outro lado da fronteir

  • P008417 Linha de Apoio à Disponibilização de Redes Wi-Fi - Centro Histórico de Ponte de Lima

    Investimento: 61.500,00€
    Financiamento: 50.000,00€

    O ciclo de crescimento da atividade turística no país, cujos resultados afirmam o Turismo como o maior setor exportador nacional, exige um esforço continuado de investimento para que se alcancem superiores patamares de qualidade e de satisfação dos turistas. Assim, é importante que os agentes públicos do sector do turismo criem condições para potenciar e melhorar a experiência da visitação turística.
    Nos dias de hoje vive-se a chamada era digital, onde se assiste a uma crescente penetração da tecnologia nos padrões de consumo e ao desenvolvimento de plataformas cada vez mais ágeis para promover novas oportunidades de negócio. Além disso, existe uma necessidade continuada de acesso rápido e simples a conteúdos informativos que permitam aos turistas planear a visita turística ao país e desfrutar dos recursos disponíveis.
    Para que se possa atingir esse objetivo e, com isso valorizar e qualificar os destinos, é necessário criar condições para que sejam disponibilizadas redes Wi-Fi de elevada disponibilidade em centros históricos ou espaços públicos de maior afluência turística. A disponibilização destas redes sem fios melhorará a experiência do turista ao visitar uma determinada zona, contribuirá para a gestão inteligente dos destinos turísticos e criará condições para o surgimento de novos processos assentes no digital, que permitirão maior produtividade nas cidades inteligentes do futuro.
    É com neste contexto e com aqueles objetivos que o Município de Ponte de Lima pretende, através do presente projeto, apostar na melhora das ligações Wi-Fi existentes e na criação de pontos Wi-Fi nos espaços públicos do seu Centro Histórico, disponibilizando um serviço de qualidade através da instalação de Rede sem fios e colocação em serviço de uma rede sem fios de acesso à internet.

  • P012117 Ecovia das Laranjeiras – Refoios 2ª Fase

    Investimento: 157.500,00€
    Financiamento: 141.750,00€

    O projeto consiste na finalização de uma Rede de Ecovias do Lima, por meio da execução de um troço em falta daquela ecovia, de âmbito supramunicipal e que ligará Refoios (Ponte de Lima) ao concelho de Arcos de Valdevez, e terá por base o traçado construído ao longo dos anos nesta zona da margem direita do rio. A intervenção consistirá essencialmente na regularização da mesma, mantendo uma largura constante e na colocação de guardas de madeira para proteção dos utilizadores.

  • P067918 Loureiro do Vale do Lima – Um vinho, um território, um destino

    Investimento: 208.915,00 €
    Financiamento: 146.240,50 €

    A promoção de destinos turísticos associados ao vinho e à vinha, enquanto produtos endógenos de grande relevância a valorizar e enquanto contributo para o desenvolvimento e afirmação económica da região, passa também pela associação e identidade de uma determinada casta ao seu território de origem, sendo um elemento identitário e uma marca indissociável a esse mesmo destino.
    Sendo o Vinho Verde um produto estratégico em termos económicos, ou seja um recurso específico a valorizar, pretende-se acrescentar ao propósito anterior e numa estratégia já consensualizada entre os vários atores locais, nomeadamente os produtores, a associação natural e imediata da Casta Loureiro ao Vale do Lima.
    O presente projeto, apesar de apresentado pelo Município de Ponte de lima enquanto promotor e beneficiário das atividades a implementar, assume-se como um projeto de dimensão supramunicipal, tendo como objetivo principal o incremento do enoturismo através do desenvolvimento de um conjunto alargado de ações de promoção e marketing do vinho verde centradas especificamente na Casta Loureiro destacando-se, por esta via, a sua qualidade e nobreza enquanto produto patrimonial e identitário da região do Vale do Lima, que integra os concelhos de Ponte de Lima, Ponte da Barca, Arcos de Valdevez e Viana do Castelo, apostando numa marca territorial de grande valor.