Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Trabalhos de Humberto A. Cruz em exposição no Museu do Brinquedo Português de Ponte de Lima

Cultura
Cartaz expo caixa agricola 2020 1 1024 800
13 Outubro 2020

A exposição do artista intitula-se "Miríade … de Bichos" e inclui peças originais fruto da transformação de “lixo” em arte. Para ver de 15 de outubro a 30 novembro de 2020, no Museu do Brinquedo Português, com a parceria da Fundação da Caixa Agrícola do Noroeste.

A exposição do artista Humberto A. Cruz reúne um conjunto significativo de trabalhos, de pintura e de escultura, desenvolvidos ao longo de 25 anos, que certificam a criatividade e o entusiasmo patente em cada peça de sua autoria. Coloridas e originais, estas peças revelam a veia artística do autor e divulgam a criação harmoniosa de fragmentos inóspitos que deram origem a uma mostra de arte distinta.

A visitar de terça a domingo, no Museu do Brinquedo Português, espaço museológico, de partilha de conhecimentos e de interpretações evidenciados através das diversas exposições patentes neste espaço que se traduzem em meios de comunicação e de aprendizagem por excelência.

Sobre o artista:

Nome: Humberto A. Cruz

Morada: Arcos de Valdevez, Viana do Castelo.

 

Breve nota: Humberto Augusto da Cruz Rocha e Silva, nasceu em Baltar, em 1960, licenciado em Engenharia Agrícola pela Universidade de Évora, é professor nessa área.
Conhecido pelas suas barbas, na escola onde trabalha, desde miúdo recolhia das lixeiras resíduos de materiais, hoje considerados recicláveis.
Todo esse material foi conservado, sem utilização, até ao dia em que se serviu dele como base da sua pintura e escultura.
Desenvolveu a atividade artística durante 25 anos, participou em diversas exposições, estando, desde 2015, sem criar arte devido à falta de espaço para produzir e para guardar todo o seu material.
As peças originais de Humberto Silva são fruto da transformação do desperdício, demonstrando que do “lixo” se faz arte.

 

Exposições Individuais:

1984
“Pintura 83”, Universidade de Évora, Évora, fevereiro de 1984.
“Passo a Passo”, Palácio D. Manuel. Évora, maio de 1984.

1996
“Pintura 90/96”, Casa da Cultura de Melgaço. Melgaço, julho de 1996.

1998
“Esposende”, Área de Paisagem Protegida Do litoral de Esposende.

1998
“Pintura” Auditório Municipal de Gondomar. Gondomar, março de 1998.

1998
“Vestígios”, Museu Municipal de Arqueologia de Silves. Silves, março de 1998.

2000
“A Terra aos Quadradinhos” Casa do Ambiente e do Cidadão. Lisboa, junho 2000.
Diversas Exposições na Escola Profissional de Fermil, Celorico de Basto.

2010
“Vestígios” Câmara Municipal de Mondim de Basto e Água Hotels Mondim de Basto

 

Exposições Coletivas:

Diversas Exposições em Artes de Valdevez, Viana do Castelo – Casa das Artes de Arcos de Valdevez e Atelier Queiroza.

2017
“Lethes Art – Mostra Internacional de Arte Contemporânea”, Ponte de Lima, julho a setembro, 2017.