Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Município de Ponte de Lima celebra protocolo de colaboração com a ALAAR - Associação Limiana dos Amigos dos Animais de Rua

Autarquia
Protocolo de colaboracao com a alaar 001 1 1024 800
01 Julho 2019

Conscientes de que a atividade desenvolvida pela Associação Limiana dos Amigos dos Animais de Rua [ALAAR] se reveste de interesse público municipal, o Município de Ponte de Lima celebrou um protocolo de colaboração com a referida Associação. Este incidirá na promoção e otimização de recursos na operacionalização da campanha à esterilização de animais de companhia. O apoio financeiro atribuído, que resulta da aprovação do financiamento solicitado pelo município no âmbito do Despacho 2301/2019 de 8 de março à Direção-Geral de Alimentação e Veterinária, visa a esterilização de animais acolhidos e à guarda da própria Associação ou de famílias comprovadamente carenciadas, obrigando à colocação de um dispositivo de identificação eletróncia com referência à pessoa/entidade responsável pelo cão ou gato esterilizado. Tendo em conta que o apoio financeiro cobre apenas uma parte da despesa, sendo a restante assumida pela Associação, bem como, a existência de limites da respetiva dotação haverá uma restrição ao número de animais a esterilizar por família.

A Associação, cujo centro de acolhimento recebe, recupera e cuida de animais de rua, esteve representada por Zulmira Marinho, Presidente da Direção, que agradeceu o apoio prestado pelo Município, sublinhando que o mesmo irá permitir à Associação aceder a um financiamento importante para dar continuidade ao trabalho que têm vindo a desenvolver. De acordo com Zulmira Marinho “as receitas da Associação resultam apenas dos donativos e do apoio anual da Câmara Municipal, prometemos dar o nosso melhor, em especial às famílias carenciadas referenciadas pelo serviço social do Município de Ponte de Lima.”

Por sua vez, Victor Mendes, Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, considera esta uma ação “gratificante”, reconhecendo o trabalho voluntário que a ALAAR tem vindo a desenvolver nos últimos anos, afirmando ainda que este protocolo vem ajudar a “dar resposta legislativa às necessidades dos canis municipais”.

image title