Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

visitar

"ATM - Ateliê de Tempos Mortos", pela Companhia de Chapitô

Cultura
Atm banner 1 1024 2500
23 Mar
Adicionar a calendário 2018-03-23 16:42:00 2018-03-23 16:42:00 Europe/Lisbon "ATM - Ateliê de Tempos Mortos", pela Companhia de Chapitô

+ Teatro

Teatro Diogo Bernardes

+ Teatro

A 23 de março, às 22h00, no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, a Companhia do Chapitô apresentará ATM - Ateliê de Tempos Mortos, um espectáculo para maiores de 12 anos, com interpretação de Jorge Cruz, Ramon de Los Santos, Susana Nunes e Tiago Viegas.

 

Sinopse

Um lugar, quatro vidas, uma história com, irremediavelmente, um final. E agora o tempo: Céu muito enrugado com previsão de aguaceiros a partir do final da tarde. Aumento acentuado de manchas de melanina em todas as extremidades. Incontinência nas terras baixas. Vento forte, com esquecimento moderado a partir da região frontal. Neblina ou nevoeiro ocular com possibilidade de persistência. Ligeira depressão no interior com deformação de geada. Nas costas: ondulação acentuada. Quanto ao trânsito, acidente ao km 90, originando trafego lento nas vias de acesso às principais artroses sem possibilidade de desvio.

Criação Colectiva | Companhia Do Chapitô
Direcção: Cláudia Nóvoa e José Carlos Garcia
Interpretação: Jorge Cruz, Ramon de Los Santos, Susana Nunes e Tiago Viegas
Direcção de Produção: Tânia Melo Rodrigues
Sonoplastia: Sílvio Rosado
Música inicial: “Wet Blanket” escrita e executada por METZ, cortesia de Sub Pop Records 
Construção do cenário: João Calixto
Figurinos: Rita Olivença
Design Gráfico: Sílvio Rosado 
Desenho de luz: Paulo Santos
Operação de luz no Chapitô: Ema Brito e Catarina Chasqueira
Fotografias: Sílvio Rosado
Audiovisuais: Nádia Santos
Assessoria de Imprensa: Cristina Carvalho
Estagiário | EPTOLIVA - FCT: Leandro Araújo
Maiores de 12 anos
Horário:

22h00

Local:
Teatro Diogo Bernardes
Preço:
3,00 €
Informação adicional:

Os bilhetes (3,00€) serão disponibilizados a partir das 9h00 do próximo dia 22 de fevereiro (quinta-feira).

O número máximo de entradas a adquirir será de 4 bilhetes por pessoa, apenas no caso de existirem filas para a procura dos mesmos, podendo ir até ao máximo de 6 bilhetes por pessoa no caso de espectadores que pretendam adquirir a totalidade de lugares de uma frisa ou camarote de 1.ª classe ou camarote de 2.ª classe, com esse número de lugares (6 lugares), conforme constar na planta de lugares publicitada na Bilheteira do Teatro Diogo Bernardes e no website municipal, também apenas no caso de existirem filas para a procura dos mesmos (http://www.cm-pontedelima.pt/thumbs/uploads/writer_file/image/2230/MapaTDB_Final_1_1024_2500.jpg).

Relativamente aos pedidos realizados por correio electrónico, apenas serão atendidos os recebidos a partir da hora e data de disponibilização na bilheteira física, divulgada no mural oficial do facebook, nas mesmas condições acima indicadas e após serem satisfeitas as aquisições presenciais.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.