Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Escola do Rock em Ponte de Lima - Inscrições até 4 de março

Educação
Escolarock  prancheta 1 1 1024 800
27 Fevereiro 2020

Inserido na “IV Feira da Educação, Ciência e Tecnologia”, que se realiza entre os dias 12 e 15 de março, o Município de Ponte de Lima em parceria com a Escola do Rock de Paredes de Coura, será palco de uma residência artística que irá juntar a comunidade local limiana com esta escola de Paredes de Coura, já conhecida pelos seus concertos em palcos icónicos como o Festival Vodafone Paredes de Coura, Serralves em Festa, NOS Primavera Sound, Verão na Casa, na Casa da Música, e em eventos na Galiza como Surfing The Lerez em Pontevedra e A Escola Vira Fest em Vigo.

A residência artística começa no sábado e prolonga-se até domingo, com uma turma que reúne cerca de 40 músicos, 20 dos quais de Ponte de Lima e 6 formadores.

O final desta residência artística dedicada ao rock, culminará com um concerto de apresentação final do trabalho realizado pelos cerca de 40 alunos, que terá lugar na tarde de domingo, às 17h, no palco principal da feira no Pavilhão de Feiras e Exposições de Ponte de Lima.

Destaque para o facto que, os melhores participantes limianos, poderão continuar a participar em novas residências da Escola do Rock, podendo mesmo ser convidados para atuar nos concertos agendados para outros eventos como o Festival de Paredes de Coura, Casa da Música, entre outros.

As inscrições estão abertas a todos os alunos, entre os 13 e os 25 anos, com formação musical instrumento próprio, através do formulário de inscrição online https://tinyurl.com/escoladorock.A data limite para concorrer é o dia 4 de março de 2020 e os músicos participantes serão anunciados no dia 11 de março de 2020.

Mais se acrescenta que, caso o número de inscritos exceda os 20 participantes, os formadores da Escola do Rock farão a seleção dos participantes com base no formulário de inscrição.

A educação artística desempenha um papel cada vez mais benéfico para os alunos, estimulando não só as suas capacidades intelectuais e pessoais, como o seu desenvolvimento social. Criatividade, imaginação, expressão oral, memorização e interesse pessoal pelo outro são algumas das aptidões e competências que se consideram serem particularmente desenvolvidas através do ensino artístico, nomeadamente da música.