Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Após constituição da "Águas do Alto Minho" o Município de Ponte de Lima vai investir 4 milhões de euros no alargamento da Rede Concelhia de Saneamento

Autarquia
Auto consignacao alargamento rede esgotos cabacos freixo 1 1024 800
30 Dezembro 2019

O Município de Ponte de Lima definiu como prioritário o contexto da agregação dos sistemas municipais de água e saneamento de águas residuais urbanas. Como tal irá promover um investimento significativo no alargamento de rede de saneamento, no sentido de dotar o território de infraestruturas e serviços ambientais de saneamento básico capazes de atingir um nível de atendimento, de qualidade e proximidade.

Na cerimónia em que se procedeu à assinatura do Auto de Consignação da Empreitada de "Alargamento da Atual Rede de Esgotos - SAR1 EN306 Cabaços/Freixo" no valor de 254.870,06€ (IVA incluído), o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng. Victor Mendes revelou que o empreendimento na ampliação da rede concelhia de saneamento é "um grande investimento para este mandato".

Segundo o autarca, as obras de saneamento do Sistema de Freixo e do Sistema da Correlhã já candidatadas e aprovadas pelo POSEUR, perfazem um valor estimado de quatro milhões de euros.

Este investimento de expansão de rede tornou-se tangível, na sucessão da celebração de um Contrato de Parceria Pública do Estado Português, com o Município de Ponte de Lima, e de outros seis Municípios da zona Norte do País, tendo sido constituída a "Águas do Alto Minho", empresa que assume a gestão do sistema de águas da região a partir de 1 de janeiro de 2020.

Os projetos referidos incorporam um considerável alargamento da rede saneamento de águas residuais em Ponte de Lima, apostando-se em soluções que promovem a otimização do funcionamento infraestruturas já existentes, nomeadamente das Estações de Tratamento de Águas Residuais (ETAR) recentemente criadas ou beneficiadas.

Nas palavras do Presidente da Câmara, no mandato passado haviam já sido investidos na "ampliação da rede de saneamento, 7,2 milhões de euros".