Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Protocolo celebrado entre o Município e o Clube Náutico de Ponte de Lima visa aproximar os jovens ao Rio Lima

AutarquiaEducação
Procolo mpl clube nautico 1 1 1024 800
26 Dezembro 2019

O Município de Ponte de Lima e o Clube Náutico de Ponte de Lima assinaram no último fim-de-semana, um protocolo de cooperação, na presença dos diretores e representantes dos quatro agrupamentos de escolas do Concelho.

Este protocolo orienta-se segundo três vetores, nas palavras do Presidente da Câmara Municipal: o da “preservação ambiental”, o do “incentivo da canoagem enquanto modalidade estratégica para o Concelho e também para o Clube Náutico”, e o da “formação desportiva dos estudantes do Concelho”.

Segundo o autarca, Eng. Victor Mendes, “Ponte de Lima tem um conjunto de infraestruturas e equipamentos desportivos, afetos às escolas, que é seguramente um excelente exemplo de que a escola não se pode nem deve circunscrever apenas às salas de aula”.

Neste sentido, o protocolo destinado aos alunos do 1º, 2º, e 3º Ciclo dos Agrupamentos de Escolas de Arcozelo, Agrupamento de Escolas António Feijó, Agrupamento de Escolas de Ponte de Lima, e Agrupamento de Escolas de Freixo, vem dotar o Clube Náutico de uma verba de 30.000,00€ (trinta mil euros), para assegurar o desenvolvimento funcional do projeto.

A aproximação dos jovens ao Rio, constitui-se base do projeto, que almeja que os jovens “se sintam bem no Rio, e que possam usufruir daquilo que o Rio lhes dá”, revelou o Professor João Carlos Gonçalves, Presidente da Direção do Clube Náutico de Ponte de Lima.

“Se com base nessa fruição também conseguirmos atletas para representar, ou praticar a modalidade da canoagem no clube, tanto melhor, e isso tem sido conseguido graças à visão do Município, que percebeu que havia aqui um potencial muito grande na formação de jovens atletas, mas também de jovens com sensibilidade ambiental para proteger o Rio Lima”, acrescentou o Presidente da Direção do Clube, que anualmente recebe cerca de 4.000 alunos, do pré-escolar, ao secundário, o que constitui um total de 14.000 passagens.

O Professor João Carlos Gonçalves congratulou-se ainda com “a visão dos diretores dos agrupamentos que abraçaram também as atividades náuticas, desde há muitos e longos anos”, realçando a noção de que “há inclusive um agrupamento que possui a canoagem como modalidade obrigatória, no currículo dos seus alunos”. O Presidente da Direção alavancou o momento para lançar “este desafio aos restantes diretores”, “por acharmos que há condições para avançar nesse sentido”.

Nas suas palavras “este protocolo tem também este sentido, nós não conseguimos levar o Rio às escolas, mas podemos trazer as escolas ao Rio. Com a ajuda e com o apoio deste protocolo com o Município, com o apoio das freguesias e com a participação e empenho dos agrupamentos”, o Professor João Carlos Gonçalves acredita ser possível o alargamento do âmbito desta parceria, “chegando ao currículo das escolas”.

Ressalve-se ainda a noção de que nos últimos 13 anos, o Clube Náutico de Ponte de Lima tem sido o Campeão Nacional de Clubes, “facto que se deve muito também a este tipo de trabalho feito em colaboração com as escolas do concelho, e com o apoio do Município, e que nos leva a ser o clube com mais atletas, com mais títulos, com mais medalhados em campeonatos nacionais (…) e continuamos na senda do êxito muito graças a estas iniciativas” rematou o Professor João Carlos Gonçalves.

image title
image title
image title
image title