Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Festival Internacional de Jardins 2020 – As Religiões nos Jardins

Turismo
Fij 2020 2 1 1024 800
04 Dezembro 2019

A 16.ª edição do "Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima" já está a ser planeada. O júri do Festival já selecionou os 11 jardins, num universo de 40 propostas oriundas de 14 países de todo o mundo, dos quais são exemplo instituições ligadas ao ensino: Áustria, com propostas oriundas da Boku University of Natural Resources and Life Sciences, Vienna; Polónia, com propostas de alunos do curso de Arquitetura da Academy of Finances and Business "Vistula" e da Vistula University Landscape Architecture Design; Itália, com uma proposta do Liceo Artistico e Musicale "A. Passaglia", de Lucca; Portugal com os alunos da EPRALIMA, curso de Técnico de Design de Interiores e Exteriores; para terminar o Colégio dos Cedros, de Vila Nova de Gaia.

Como é habitual, as propostas selecionadas pelo júri vão fazer-se representar neste evento, entre os meses de maio e outubro de 2020.

Sob o tema "As Religiões nos Jardins", o júri reuniu e avaliou criações provenientes de Portugal, Espanha, Escócia, República Checa, França, Inglaterra, Itália, Áustria, Roménia, Sérvia, Noruega, Polónia, Estados Unidos da América e Brasil. 

O evento distinguido internacionalmente em 2013 com o título Garden Tourism Awards, no "North American Garden Tourism Conference", em Toronto, Canadá, e em 2017 com a distinção "Europe for Festivals, Festivals for Europe" – EFFE Label 2017-2018, aposta na revitalização dos espaços urbanos, na preservação do ambiente e promove as boas práticas do uso dos jardins.

O Festival Internacional de Jardins é um projeto sustentável, visto que consegue manter a essência de preservar o ambiente, utilizando sempre que possível materiais usados em edições anteriores. Os novos jardins juntar-se-ão ao jardim mais votado da edição 2019, "Vertigem (IR) Reversível" de Portugal.

Confira as propostas selecionadas pelo júri para a 16.ª edição do Festival Internacional de Jardins.

- Jardim de Osíris, de Oscar Sá e António Carvalho – Portugal

- La Chapelle, de Maria Jesus Mera Gonzaléz – Espanha

- The Dialogue Garden, de Magda Jandová e Viveiros Adoa – Espanha / República Checa

- Peregrinação, de Reckless Orchard – Inglaterra

- Pandora's Box, de NACL TEAM (Sandro del Lesto, Martina Pappalardo e Silvia Giuffrida) – Itália

- Sanctuary of Invulnerability, de Boku University of Natural Resources and Life Sciences, Balint Enyedi, Melanie Mitterer e Claudia Wu – Áustria / Roménia

- The Searching, de Viena, Boku University of Natural Resources and Life Sciences, Julia Linder, Jasmin Linder e Sigrid Jystad – Áustria / Noruega

- Garden of Life, de Varsóvia, Vistula University Landscape Architecrure Design, Mohyi Mahmoud, Karolina Beinarovicha, Tetiana Humeniuk e Khaled Ibrahim – Polónia

- Eye of God, de Agnieszka Bochenska e Aleksandra Gierko – Polónia

- All Saints Day Earthequake, de Thrace Design Studio, Yuliya llieva e Petar lliev – Estados Unidos da América 

- Jardins Religare, de Valter Nu e Valdir Nunes Santana – Brasil

Como aconteceu nas edições anteriores, durante a seleção das criações para o próximo ano, o Júri lançou o tema para o ano seguinte. Assim, em 2021, o Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima terá como tema "Os Jardins e as Alterações Climáticas".