Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Teatro Diogo Bernardes Apresenta Programação para o Último Trimestre de 2019

Cultura
Tdb apresenta programacao outubro dezembro 2019 banner 1 1024 800
04 Outubro 2019

O Teatro Diogo Bernardes, que acabou de cumprir, a 19 de Setembro, 123 anos, apresentou esta quinta-feira a programação para o último trimestre de 2019, o qual abre a temporada de 2019-2020.

O Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima, Eng.º Victor Mendes, acompanhado pela Vice-Presidente, Engª Mecia Martins, registou “um balanço muito positivo da programação do Diogo Bernardes”, considerando que o Município tem apostado “numa programação regular, assídua, e que permite aos limianos assistir a espetáculos musicais e culturais de muita qualidade”.

Com um cuidado muito especial com a educação dos mais novos para as performances artísticas o Teatro Diogo Bernardes realiza, pelo menos, mensalmente, um espetáculo para a infância, juventude e famílias, o que, a par com o Serviço Educativo, através dos Cursos de Teatro de Longa Duração para o 1.º Ciclo e das Visitas Encenadas, dará os seus frutos a seu tempo com a formação e fidelização de novos públicos.

Ao nível do Teatro Infantil, Juvenil e para as Famílias, o qual é sempre apresentado em duas sessões, à tarde, em horários mais adequados para estes públicos, teremos:

- Escória, pela Baal17, companhia sediada em Serpa, a 20 de Outubro.

- A Cigarra e a Formiga, pela Protagoniza Magia, que irá fazer as delícias dos mais pequeninos, a 1 de Novembro.

- O Baile das Coisas Importantes, pelo Teatro do Bolhão, em época natalícia, a 21 de Dezembro.

- Cinderela, pela Cri’Art, no dia seguinte, 22 de Dezembro, espetáculos que complementam a muita oferta que o Município de Ponte de Lima tem preparada para os mais novos em Dezembro, sobretudo no Natal, como veremos.

Ainda na área do Teatro, que não se fica por aqui devido às características desta secular sala e que pode ser considerada o espaço teatral, por excelência, do Alto-Minho, o Teatro Diogo Bernardes continua a apostar em algumas co-produções que são uma mais-valia para a divulgação do respetivo nome e das dinâmicas culturais de Ponte de Lima.

Serão, por isso, apresentadas duas Estreias Absolutas.

- Os Velhos Não Vão de Férias, pela Fértil Cultural, no dia 12 de Outubro, numa co-produção da Fértil Cultural, do Teatro Diogo Bernardes e da Casa das Artes de Vila Nova de Famalicão. Este espetáculo, no âmbito da Descentralização Cultural, será também apresentado, em Novembro, nas freguesias de Brandara, Rebordões-Souto, Gondufe e Facha.

- Little B, pela Companhia Visões Úteis, do Porto, uma co-produção do Teatro Municipal do Porto, Teatro Diogo Bernardes e Teatro Académico Gil Vicente, de Coimbra, inspirada na biografia profissional de Mário Moutinho – Artista Associado do Visões Úteis em 2018 e 2019 –, que subirá à cena a 8 de Novembro.

Sempre a procurar a diferença, apresentaremos um espetáculo de Teatro de Objetos, Circo e Magia, a 18 de Outubro.

- Le Fumiste, a cargo da Companhia Don Davel, de França, que nos deslumbrará com cenas de beleza incomparável.

Ao nível generalista do Teatro propriamente dito, teremos ainda os seguintes espectáculos, para além dos que serão apresentados na Festa da Gente Miúda, no Neste Natal Vem Brincar Connosco e na Descentralização Cultural nas Freguesias do Concelho.

- Cárcere, pela Produção Vinícius Piedade, do Brasil, a 19 de Outubro.

- A Criatura, uma adaptação de Lelio Lecis, a partir de Quando Nós, os Mortos, Despertarmos, de Henrik Ibsen, pela Companhia de Teatro de Braga, a 15 de Novembro.

- Gertrude Stein e Acompanhante, de Win Wells, pela Escola de Mulheres, com Cucha Carvalheiro e Lucinda Loureiro, acompanhadas pelo pianista Nuno Vieira de Almeida, numa encenação de Fernanda Lapa, a 22 de Novembro.

- Vidas Íntimas, de Nöel Coward, pelos Artistas Unidos, com encenação de Jorge Silva Melo e interpretação a cargo de um notável leque de actores – Rúben Gomes, Rita Durão, Tiago Matias, Vânia Rodrigues e Isabel Muñoz Cardoso –, a 14 de Dezembro, espectáculo em co-produção do Teatro Nacional São João e do Centro Cultural de Belém.

Os Eventos cuja programação artística é da responsabilidade do Teatro Diogo Bernardes, serão os seguintes.

- Festa da Gente Miúda, de 5 a 8 de Dezembro, com muita animação e teatro musical, de que se destaca o espetáculo A Bela e o Monstro no Reino de Panwa, na tarde de 8 de Dezembro.

- Neste Natal Vem Brincar Connosco, de 14 a 24 de Dezembro, com diversificada animação e espetáculos natalícios, passeios de charrete com o Pai Natal, de entre muitas outras surpresas para entreter e deslumbrar a pequenada.

- Passagem de Ano, em Freixo, como é habitual, a partir da noite de 31 de Dezembro e durante a primeira madrugada de 2020.

Como não podia deixar de ser, haverá espaço para a Dança Contemporânea.

- O Monstro Está em Cena, pela Companhia de Dança Contemporânea de Angola, uma referência ao nível desta arte performativa, sobe à cena a 25 de Outubro.

- Tudo Quanto Vi – Um Poema Coreográfico Para Sophia, pela Dança em Diálogos, será apresentado exatamente um mês após o início das Comemorações do Centenário do Nascimento de Sophia de Mello Breyner Andersen, a 6 de Dezembro.

Ao nível da Música Nacional, teremos.

- Associação Banda de Música de Estorãos, a 5 de Outubro, no Largo de Camões, em Comemoração da Implantação da República.

- Blind Zero, também no próximo sábado, 5 de Outubro, que abrirão oficialmente a temporada do Teatro Diogo Bernardes para 2019-2020.

- Mazgani com Sean Riley, a 2 de Novembro, um encontro entre dois amigos, uma celebração da música e da amizade num palco tomado de assalto por Sean Riley (Afonso Rodrigues) e Shahryar Mazgani. O enredo é tecido pelos companheiros de longa data de Mazgani, Isaac Achega e Vítor Coimbra.

- Budda Power Blues, regressam ao palco do Teatro Diogo Bernardes, a 9 de Novembro, na tour de comemoração dos 15 Anos de Concertos.

- Contraponto, apresentam-se num Concerto Solidário, a favor da AAPEL, com o apoio do Município de Ponte de Lima, a 23 de Novembro.

- Zé Manel, reconhecido vocalista dos Fingertips e mais tarde com Darko, trará consigo o seu recente álbum em nome próprio, a 30 de Novembro.

- O Concerto de Natal denominado Encontro de Coros, na Igreja Matriz, em colaboração com o Orfeão Limiano e o Conselho Paroquial Para os Assuntos Económicos, realiza-se a 15 de Dezembro.

- David Fonseca, num concerto muito intimista e muito esperado, no âmbito da Tour Radio Gemini_Closer, pisará as tábuas do Diogo Bernardes a 7 de Dezembro.

Como certamente já se aperceberam, há vários projectos internacionais na programação, a par com os nacionais e deixamos propositadamente para o final a Música Internacional, em que podemos destacar artistas reconhecidos em todas as partes do mundo e cujos concertos marcarão a história do Teatro Diogo Bernardes.

 - Sarah McCoy, dos Estados Unidos da América, a residir atualmente em Paris, apresenta o concerto da Tour Blood Siren, a 26 de Outubro, exatamente um dia antes de se apresentar no Centro Cultural de Belém.

- César Lacerda, músico brasileiro que apenas fará, nesta tour, três concertos em Portugal – Lisboa (Centro Cultural de Belém), Porto (Casa da Música) e Ponte de Lima (Teatro Diogo Bernardes) – irá mostrar-nos a sua arte a 31 de Outubro.

- Concerto de Natal, na Igreja Matriz, a 20 de Dezembro, resultante do III Encontro de Música Medieval de Ponte de Lima | Caminho Português de Santiago, residência artística que reúne em Ponte de Lima músicos oriundos de diversificados países, numa organização conjunta com a Associação O Corvo e a Raposa e apoios do Conselho Paroquial para os Assuntos Económicos, Ministério da Cultura e Fundação GDA.

- Alberto Montero, chega-nos de Espanha a 29 de Novembro, para apresentar o seu último disco La Catedral Sumergida, um daqueles discos que aparecem de vez em quando, envoltos quase em mistério, uma obra que só poderá ser entendida na sua totalidade com o passar do tempo. Natural de Valência, Alberto Montero tem vindo a escrever uma das mais belas páginas da música independente do país vizinho. Neste concerto, o espanhol contará com a colaboração de um quarteto de cordas da Escola Profissional de Música de Espinho.

- Joan as a Police Woman, a concretização de mais um sonho no Teatro Diogo Bernardes, sobe ao palco a 16 de Novembro, numa tour que a tem levado a todo o mundo e cujo concerto marcará o ano de 2019 no que concerne a espetáculos musicais. Atente-se que na presente tour, Joan as a Police Woman só fará dois concertos em Portugal, em Ponte de Lima e em Castelo Branco, pelo que estamos perante uma das raras oportunidades de assistir a um espetáculo do mais alto nível internacional.

A estado-unidense Joan Wasser é Joan as a Police Woman. Desde Real Life, o primeiro disco, passaram-se 7 álbuns e 15 anos de canções que agora nos aparecem embrulhados numa antologia com nome próprio.

Joanthology, fonética feliz para brincar com a ideia de seleção e mistura de alguns momentos do percurso a solo desta violinista de formação — que trabalhou com Antony and the Johnsons, Rufus Wainwright ou Elton John —, é uma retrospetiva em 3 CDs que também inclui inéditos, uma versão de Prince e uma secção Live at the BBC.

Consulte:

Programação TDB Outubro a Dezembro

image title
image title
image title
image title
image title
image title