Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Município de Ponte de Lima celebra protocolo de Cooperação com a Direção da Casa de Caridade Nossa Senhora da Conceição

Autarquia
Protocolo casa caridade ns conceicao 1 1024 800
31 Janeiro 2019

Considerando a aposta numa política social que promova a inclusão social, o enraizamento das populações e o envelhecimento ativo, o Município de Ponte de Lima celebrou um protocolo de cooperação com a Casa de Caridade Nossa senhora da Conceição, cujo objetivo visa atribuir um apoio financeiro para aquisição de uma carrinha.

Esta parceria tem como objetivo contribuir para suprir as necessidades existentes no serviço de apoio ao domicílio que o polo de Refoios – Centro Comunitário de Arcozelo está a efetuar a 21 utentes. Instalado na freguesia de Refoios a Casa de Caridade Nossa Senhora da Conceição, através do centro Comunitário de Refoios, dispõe de capacidade para acolher em internamento 48 utentes, Centro de Dia 9 e Serviço de Apoio Domiciliário a 21 utentes. Este serviço consiste na prestação de cuidado de higiene e conforto pessoal; fornecimento e apoio nas refeições; tratamento de roupa; higiene habitacional e atividades de animação, socialização, lazer, cultura.

O Presidente da Direção da Direção da Casa de Caridade Nossa Senhora da Conceição, Aníbal Varela, agradeceu ao Município o apoio que considera essencial para o serviço que a instituição esta a prestar promovendo “a melhoria da qualidade de vida dos utentes e seus familiares”.

Por sua vez o Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima Eng.º Victor Mendes, reconheceu “o trabalho fundamental desenvolvido pela instituição, sendo esta viatura uma mais-valia para todos aqueles que diariamente tornam possível este apoio aos mais vulneráveis.” O autarca recordou que estes apoios são possíveis “graças à disponibilidade financeira do Municipio, que nos permite apoiar o que seria da responsabilidade da Administrador Central, no entanto estamos cientes que nem sempre estas instituições são apoiadas.” Esta resposta social, assegura o Presidente da autarquia, “enquadra-se nos nossos critérios e havendo disponibilidade financeira para o fazer, iremos continuar apoiar”.

No âmbito do presente protocolo, a Câmara Municipal comprometeu-se a atribuir uma comparticipação financeira no valor de 10.000€.

image title
image title
image title