Passar para o Conteúdo Principal Top

covid-19_icon_300px-02

Logótipo

municipio

Exposição 'Ponte de Lima em Aguarelas' de João Salcedas

Cultura
Salcedas banner 2 1 1200 800
28 Mai a 27 Jun
Adicionar a calendário 2021-05-28 09:00:00 2021-06-27 17:30:00 Europe/Lisbon Exposição "Ponte de Lima em Aguarelas" de João Salcedas Torre da Cadeia Velha

De 28 de maio a 27 de junho, está patente na Torre da Cadeia Velha a Exposição "Ponte de Lima em Aguarelas" de João Salcedas.

 

Biografia

João Salcedas nasceu em Aldeia do Carvalho, em 1960.

Concluídos os estudos secundários, enveredou por uma carreira profissional sempre ligada ao desenho, à ilustração e, durante 25 anos, foi gráfico no jornal Notícias da Covilhã. Atualmente, é desenhador numa multinacional.

Teve como mestre o pintor Nunes Pereira, homem de visão impressionista. No início da sua carreira artística, considerou-se um surrealista. Porém, afirma que foi um “tempo de solidão, porque não era compreendido”.

A sua obra, figurativa, influenciada pelo rigor profissional, com traços de esoterismo, retrata o bucólico, o sereno e o que conduz à paz.

Procura no caminho da pintura o silêncio, para se sentir num equilíbrio com o mundo. Pintou, até hoje, mais de 1000 quadros. Nos últimos anos, a sua cidade, Covilhã, foi o seu tema predileto.

Aos 60 anos de idade, aceitou, do seu filho mais velho, o pedido para não comercializar mais nenhuma obra. Conta já com inúmeras exposições: Casa do Povo de Vila do Carvalho, 1974; Escola Secundária Frei Heitor Pinto (coletiva), 1977; Escola Campos Melo, 1978; Teatro GICC; Salão da Comissão de Turismo S. da Estrela, 1983; Teatro da Trindade (coletiva), 1984; Salão da Cultura de Santarém (coletiva), 1992; Salão da APAE, 1994; Biblioteca Municipal da Covilhã, 2002; e mais recentemente: Paço da Cultura de Belmonte; Académico dos Penedos Altos; Edifício da Cultura da Covilhã; Escola Secundária Campos Melo – Antigos alunos (coletiva); Arte Covilhã; Sala da Nora, Castelo Branco; Biblioteca Municipal da Covilhã (coletiva); Centro Hospitalar Universitário Cova da Beira; Roches de Condrieux, Lyon, França; Museu de Lanifícios da UBI, Covilhã, com o tema “A cidade e as serras”.

Horário:

Segunda-feira a Domingo: 9h00 às 12h30 e 14h00 às 17h30

Local:
Torre da Cadeia Velha
Preço:

Entrada gratuita