Passar para o Conteúdo Principal Top

covid-19_icon_300px-02

Logótipo

municipio

Pinóquio

Cultura
Pinoquio 19 12 2020 banner 1 1200 800
19 Dez
Adicionar a calendário 2020-12-19 11:00:00 2020-12-19 11:00:00 Europe/Lisbon Pinóquio +Teatro Musical Infantil, Juvenil e Familias  Teatro Diogo Bernardes

+Teatro Musical Infantil, Juvenil e Familias 

Para festejar o Natal com a infância, juventude e famílias, a 19 de Dezembro, às 11h00, o Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima apresenta mais um espectáculo dedicado aos mais novos e não só - Pinóquio, a partir do texto de Carlo Collodi, pela Jangada Teatro, com encenação de Xico Alves.

Pinóquio
Jangada Teatro

“Tudo o que um sonho precisa é alguém que acredite que ele possa ser realizado.” Numa oficina comum de um homem comum, numa vila comum de Itália, o incomum acontece: este que, até ao momento, era apenas uma marioneta, vive! Pinóquio traz-nos esta história familiar de esperança, através dos olhos juvenis do protagonista que dá o nome a este maravilhoso espetáculo. Mas a magia vem sempre com um preço, e cabe a ele o papel de descobridor do mundo e de si próprio. O que será preciso para ser um menino de verdade?

Pinóquio depara-se numa luta constante de compreensão das relações pessoais e do novo e desconhecido mundo a que tenta pertencer.

Consequentemente, é rapidamente abordado por leis, regras e limites que o tentam moldar na sociedade. E Pinóquio fará de tudo para agradar e ser aceite… quando na verdade, não se apercebe que o que importa realmente é sua própria aquiescência.

E como não poderia deixar de ser, tudo começa com uma misteriosa estrela azul…

O teatro vai prender-se ao conto original e abordar a história familiar que o público conhece. A luta de Pinóquio em compreender se é ou não um menino de verdade, o seu entendimento das leis, limites e regras da sociedade e a descoberta do mundo, são alguns pontos que vão ser explorados. A peça pretende guiar-se pelos olhos do rapaz de madeira, que tenta adaptar-se e ser aceite num mundo limitador.

Dramaturgia: Filipe Gouveia
Encenação: Xico Alves
Assistentes de Encenação: Rita Calatré e Vítor Fernandes
Interpretação: Filipe Gouveia, Sara Maia, Sónia Ribeiro, Paulo Pires, Vítor Fernandes e Xico Alves
Música Original e Desenho de Som: Paulo Pires
Figurinos: Cláudia Ribeiro
Cenografia: Carlos Pinheiro e Emanuel Santos (Coletivo Monte)
Desenho e Construção de Marioneta e Máscaras: Sandra Neves (Coletivo Monte)
Desenho e Operação de Luz: Fernando Oliveira
Operação de Som: Fred Meireles
Design Gráfico: Zé Tavares
Fotografias de Cena: Filipa Brito
Vídeo: Chromia studio
Produção Executiva: Alejandrina Romero, Fred Meireles e Susana Morais

Horário:

11h00

Local:
Teatro Diogo Bernardes
Preço:

Os bilhetes (4,00€) serão disponibilizados a partir das 9h30 do próximo dia 24 de Novembro (terça-feira), na bilheteira física do Teatro Diogo Bernardes e a partir das 14h00 na bilheteira electrónica  (https://www.bol.pt/Comprar/Bilhetes/92671-flautista_de_hamelin_o_musical_companhia_teatro_bocage-municipio_de_ponte_de_lima)

O número máximo de entradas a adquirir na bilheteira física, apenas no caso de existirem filas, será de 5 bilhetes por pessoa, cumprindo-se a lotação estabelecida em cumprimento do Plano de Contingência Covid-19, de acordo com a planta da sala adaptada em função do mesmo (https://www.facebook.com/teatro.diogo.bernardes/photos/pcb.3457943540904166/3457846714247182).

Maiores de 6 anos.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.

Informação adicional:
MUITO IMPORTANTE:
- As portas abrirão, pelo menos, uma hora antes do início dos espectáculos e pede-se aos espectadores que compareçam mais cedo, com, pelo menos, meia-hora de antecedência para se efectuarem todos os procedimentos de segurança.
- Os espectáculos terão início à hora marcada.
- Não será permitida a entrada após o início dos espectáculos.
- Os espectadores devem cumprir rigorosamente todas as instruções dos assistentes de sala, devidamente identificados e em nenhum caso poderão trocar de lugares ou deslocar-se pelo recinto sem motivo justificado.
- No final de cada espectáculo, os espectadores deverão, obrigatoriamente, permanecer sentados nos seus lugares até serem instruídos pelos assistentes de sala para abandonar o recinto, por local diferente da entrada, de forma disciplinada e respeitando o distanciamento físico.
 
POR FAVOR, NÃO ESQUEÇA:
- É obrigatório o distanciamento físico de 2 metros no acesso ao recinto e às bilheteiras (a lotação da bilheteira do Teatro Diogo Bernardes é de 1 pessoa).
- É obrigatória a medição de temperatura de todos os presentes, sem registo escrito, à entrada do recinto.
- É obrigatória a higienização das mãos à entrada no recinto.
- É obrigatório o uso de máscara por parte do público durante todo o tempo dos espectáculos.
- A abertura do teatro será antecipada para assegurar o acesso atempado ao mesmo, devendo os espectadores dirigir-se de imediato aos lugares indicados pelos assistentes de sala, cumprindo rigorosamente as instruções dos mesmos.
- A permanência nos locais de atendimento deve ser limitada ao tempo estritamente necessário à realização do atendimento.
- O bar do Teatro Diogo Bernardes encontra-se encerrado.
- Nas instalações sanitárias, feminina e masculina, apenas serão permitidas duas pessoas em simultâneo, situação que será sempre controlada por um assistente de sala à entrada das mesmas.
- Não será permitida a permanência de espectadores no interior do Teatro Diogo Bernardes após o final dos espectáculos.
Agradecemos a colaboração de todos para continuarmos a oferecer Serviço Público de Cultura.