Passar para o Conteúdo Principal Top

covid-19_icon_300px-02

Logótipo

municipio

Branco – Teatro para Bebés e Não Só

Cultura
Bebes banner evento f 1 1200 800
01 Dez
Adicionar a calendário 2020-12-01 11:30:00 2020-12-01 11:30:00 Europe/Lisbon Branco – Teatro para Bebés e Não Só + Teatro para bebés Teatro Diogo Bernardes

+ Teatro para bebés

A 1 de dezembro, com sessões às 11h30, no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, teatro para bebés, com o espectáculo Branco – Teatro para Bebés e Não Só, pela Estação das Letras.

Branco – Teatro para Bebés e Não Só
Estação das Letras

No silêncio do branco há uma linha vazia de sons e palavras, um verso sem rima à espera que cada cor no seu brilho ecoe.
Branco é um espetáculo de cor e de luz.
Branco é a cor de uma nuvem, o calor de um colo, a liberdade de um momento e a inocência de um sorriso.
Quantas cores brincam no branco?
Num mundo branco calmo e sereno vivem as cores do arco íris. Todos os dias acordam bem cedo e na luz branca do branco mostram o esplendor da sua cor. Um pássaro azul , uma mão amiga um chapéu para dar...
Querem saber mais ? Não podemos contar
A Estação das Letras apresenta "Branco" um espetáculo sem princípio nem fim.

Interpretação: Tiago Duarte
Produção: Estação das Letras

Horário:

11h30

Local:
Teatro Diogo Bernardes
Preço:

Os bilhetes (4,00€ para adultos e gratuito para bebés dos 3 meses aos 3 anos) encontram-se à venda, unicamente, na bilheteira física do Teatro Diogo Bernardes.

Não há venda através de bilheteira electrónica.

- Apenas serão admitidos 15 bebés, os quais só podem ser acompanhados, no máximo, por 2 adultos obrigatoriamente coabitantes.

- Sempre que possível, pois trata-se de um público muito especial, os bebés deverão assistir ao espectáculo no colo de um adulto acompanhante.

- É obrigatório o uso de máscara por parte dos adultos e maiores de 10 anos durante todo o tempo dos espectáculos.

Dos 3 meses aos 3 anos.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.

Informação adicional:

MUITO IMPORTANTE:
- As portas abrirão, pelo menos, uma hora antes do início dos espectáculos e pede-se aos espectadores que compareçam mais cedo, com, pelo menos, meia-hora de antecedência para se efectuarem todos os procedimentos de segurança.
- Os espectáculos terão início à hora marcada.
- Não será permitida a entrada após o início dos espectáculos.
- Os espectadores devem cumprir rigorosamente todas as instruções dos assistentes de sala, devidamente identificados e em nenhum caso poderão trocar de lugares ou deslocar-se pelo recinto sem motivo justificado.
- No final de cada espectáculo, os espectadores deverão, obrigatoriamente, permanecer sentados nos seus lugares até serem instruídos pelos assistentes de sala para abandonar o recinto, por local diferente da entrada, de forma disciplinada e respeitando o distanciamento físico.

POR FAVOR, NÃO ESQUEÇA:
- É obrigatório o distanciamento físico de 2 metros no acesso ao recinto e às bilheteiras (a lotação da bilheteira do Teatro Diogo Bernardes é de 1 pessoa).
- É obrigatória a medição de temperatura de todos os presentes, sem registo escrito, à entrada do recinto.
- É obrigatória a higienização das mãos à entrada no recinto.
- É obrigatório o uso de máscara por parte do público durante todo o tempo dos espectáculos.
- A abertura do teatro será antecipada para assegurar o acesso atempado ao mesmo, devendo os espectadores dirigir-se de imediato aos lugares indicados pelos assistentes de sala, cumprindo rigorosamente as instruções dos mesmos.
- A permanência nos locais de atendimento deve ser limitada ao tempo estritamente necessário à realização do atendimento.
- O bar do Teatro Diogo Bernardes encontra-se encerrado.
- Nas instalações sanitárias, feminina e masculina, apenas serão permitidas duas pessoas em simultâneo, situação que será sempre controlada por um assistente de sala à entrada das mesmas.
- Não será permitida a permanência de espectadores no interior do Teatro Diogo Bernardes após o final dos espectáculos.

Agradecemos a colaboração de todos para continuarmos a oferecer Serviço Público de Cultura.