Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Francisco Moreira | Todos os Fados São Meus

Cultura
Banner franciscomoreira 1 1200 800
01 Ago
Adicionar a calendário 2020-08-01 22:00:00 2020-08-01 22:00:00 Europe/Lisbon Francisco Moreira | Todos os Fados São Meus + Música Praça do Pavilhão de Feiras e Exposições de Ponte de Lima / Expolima

+ Música

"Todos Os Fados São Meus" é o álbum de afirmação definitiva de Francisco Moreira no Fado. Com uma discografia que começou na infância e passou pela adolescência, é com este novo disco que o fadista demonstra que o Fado é o caminho que quer e vai seguir ao longo da sua carreira.
Este trabalho discográfico comporta um pouco de todas as nuances do Fado. Tanto nos oferece Fado Tradicional com poemas antigos, como canções fadistas intemporais. Dá-nos fados compostos propositadamente para este álbum, homenageia grandes fadistas
da História e tem espaço para Francisco Moreira se apresentar igualmente como letrista.
O acompanhamento musical é de excelência, fiel à essência daquilo que é acompanhar o verdadeiro Fado, assente nas guitarras portuguesas de João Martins e Miguel Amaral (este segundo na interpretação de um tema por si composto), na viola de André Teixeira e no contrabaixo de Filipe Teixeira.
Poeticamente, as canções passam inevitavelmente pelo Amor, pela Saudade, pela descrição de lugares e pessoas, pelo retrato das alegrias e tristezas da vida. O maior destaque vai para “Todos Os Fados São Meus”, o tema que dá nome ao álbum, escrito
por António Laranjeira e musicado por André Teixeira. É aí que Francisco Moreira nos diz como se entrega ao Fado e como não tem pressa de fazer o seu caminho, que tem sido sempre pautado por passos seguros que acompanham o seu crescimento como
pessoa e como artista.
Sem olvidar toda a sua discografia anterior, este novo álbum é definitivamente aquele que marca a consolidação de uma carreira brilhante, em que Francisco Moreira não esquece o seu passado, mas tem os olhos postos num futuro solidamente construído com um sentido estético irrepreensível e uma voz jovem, segura e muito madura.

Horário:

22h00

Local:
Praça do Pavilhão de Feiras e Exposições de Ponte de Lima / Expolima
Preço:

Entradas Gratuitas | Lotação Limitada a 300 Espectadores | Uso Obrigatório de Máscara | Ao Ar Livre e em Segurança

Os bilhetes poderão ser levantados, no dia 1 de agosto, no máximo de dois por pessoa, a partir das 17h00 na bilheteira da entrada do recinto do Ponte de Lima é Uma Surpresa.

Informação adicional:

- Será elaborado e amplamente divulgado o Plano de Contingência do recinto e do evento Ponte de Lima é Uma Surpresa.
- A lotação máxima do recinto será de 120 lugares sentados, devidamente espaçados, podendo ser reduzida de acordo com a natureza do espectáculo.
- Será proibido assistir aos espectáculos em pé.
- Os bilhetes para acesso a qualquer um dos espectáculos do Ponte de Lima é Uma Surpresa são gratuitos, mas obrigatórios, não sendo permitida a entrada no recinto a quem não for portador de bilhete de entrada.
- Os bilhetes poderão ser levantados, nos dias correspondentes à realização de cada espectáculo, no máximo de dois por pessoa, na bilheteira do Teatro Diogo Bernardes, a partir das 10h00 e até às 17h30, de segunda a sexta-feira e a partir das 20h00 na bilheteira da entrada do recinto do Ponte de Lima é Uma Surpresa, também dois por pessoa.
- Para os espectáculos dos fins-de-semana, os bilhetes deverão ser levantados, nos dias correspondentes à realização de cada espectáculo, no máximo de dois por pessoa, na entrada do recinto do Ponte de Lima é Uma Surpresa, a partir das 17h00.
- Obrigatório o distanciamento físico de 2 metros no acesso ao recinto e às bilheteiras ( a lotação da bilheteira do Teatro Diogo Bernardes é de 1 pessoa).
- É obrigatória a medição de temperatura de todos os presentes, sem registo escrito, à entrada do recinto.
- É obrigatória a higienização das mãos à entrada no recinto.
- É obrigatório o uso de máscara por parte do público durante todo o tempo dos espectáculos.
- As portas abrirão, pelo menos, uma hora antes do início dos espectáculos e pede-se aos espectadores que compareçam mais cedo, com, pelo menos, meia-hora de antecedência para se efectuarem todos os procedimentos de segurança.
- A abertura do recinto será antecipada para assegurar o acesso ao mesmo à chegada ao recinto, devendo os espectadores dirigir-se de imediato aos lugares indicados pelos assistentes de sala, cumprindo rigorosamente as instruções dos mesmos.
- Os acessos abrirão, pelo menos, uma hora antes do início dos espectáculos e os espectadores devem comparecer mais cedo, com, pelo menos, meia-hora de antecedência para se efectuarem todos os procedimentos de segurança.
- A permanência nos locais de atendimento deve ser limitada ao tempo estritamente necessário à realização do atendimento.
- Os espectáculos terão início à hora marcada e a direcção e/ou produção poderá impedir o acesso ao recinto depois do início dos espectáculos.
- Existirão lugares juntos para 4 coabitantes, 3 coabitantes, 2 coabitantes e lugares individuais.
- Grupos de mais de 4 coabitantes terão que, obrigatoriamente, ser separados, cumprindo o previsto no ponto anterior.
- Existirá um espaço reservado a cidadãos com mobilidade reduzida e respectivos acompanhantes.
- Qualquer espectador que abandone o recinto só pode voltar ao mesmo com novo bilhete, caso haja disponibilidade, cumprindo, novamente, todos os procedimentos de segurança e sem garantia do lugar ocupado previamente.
- Os espectadores devem cumprir rigorosamente todas as instruções dos assistentes de sala, devidamente identificados e em nenhum caso poderão trocar de lugares ou deslocar-se pelo recinto sem motivo justificado.
- Nas instalações sanitárias, feminina e masculina, apenas serão permitidas duas pessoas em simultâneo, situação que será sempre controlada por um assistente de sala à entrada das mesmas.
- Não é permitida a entrada no recinto com garrafas de vidro.
- No final de cada espectáculo, os espectadores deverão, obrigatoriamente, permanecer sentados nos seus lugares até serem instruídos pelos assistentes de sala para abandonar o recinto, por local diferente da entrada, de forma disciplinada e respeitando o distanciamento físico.
- Não será permitida a permanência de espectadores no interior do recinto após o final dos espectáculos.