Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

César Lacerda (Brasil)

Cultura
Cesar lacerda banner 1 1200 800
31 Out
Adicionar a calendário 2019-10-31 22:00:00 2019-10-31 22:00:00 Europe/Lisbon César Lacerda (Brasil) + Música Teatro Diogo Bernardes

+ Música

A 31 de outubro, às 22h00, no Teatro Diogo Bernardes, em Ponte de Lima, concerto do músico brasileiro César Lacerda.

“César Lacerda é uma arma contra toda a atrocidade. Sua candura não é inocente, é sábia. Ele deita por sobre nós inteligência profunda: afeto e esperança. Se soubermos isto, afeto e esperança, seremos cultos porque seremos gente.” (Valter Hugo Mãe)

César Lacerda é cantor, músico e compositor. Nascido na cidade de Diamantina, no interior de Minas Gerais, viveu lá até os seus doze anos de idade.
Mudou-se para Belo Horizonte, na sua adolescência, onde esteve até os vinte anos. Em seguida, foi para o Rio de Janeiro, onde passou mais oito anos. E desde 2015 mora em São Paulo.
Filho de uma mãe pianista, estudou diversos instrumentos musicais desde a mais tenra infância e cursou o Bacharelado em Flauta Transversal pela UFMG com formação complementar pela Uni-Rio.

No entanto, era mesmo cantar as suas próprias canções que fazia o seu coração vibrar e em 2013, lançou o seu primeiro disco, "Porquê da Voz" que conta com as participações especiais de artistas como Lenine, o percussionista Marcos Suzano, do quarteto de cordas do leste-europeu Taron, e de alguns novos nomes da Música Brasileira. A obra foi celebrada pela crítica especializada e, de lá para cá, o músico já levou o seu trabalho para diversos países como Uruguai, Cuba, Holanda, Alemanha, Itália e Portugal.

Em agosto de 2015, o artista lançou o seu segundo álbum, "Paralelos & Infinitos". Na gravação do disco, o multi instrumentista executa quase todos os instrumentos, e conta com as participações pontuais de artistas como Cícero e Mahmundi. O álbum, que contém oito faixas autorais, é uma obra auto-referente; mergulha na própria relação amorosa para refletir sobre paixão, amor e o fim.

No final de 2016 o projeto especial, “O Meu Nome é Qualquer Um” em parceria com o compositor paulistano Romulo Fróes.

César Lacerda têm parcerias musicais com artistas como Jorge Mautner, Chico César, Paulinho Moska, Marcelo Jeneci, Romulo Fróes e Eucanaã Ferraz. Já teve canções suas gravadas em quase quarenta discos de artistas como Gal Costa, Maria Bethânia, Filipe Catto, Marcia Castro, Duda Brack, Julia Bosco, Graveola e o Lixo Polifônico, entre outros.

Tudo Tudo Tudo Tudo é o mais recente álbum solo de César Lacerda, que contou com a direção artística de Marcus Preto (diretor artístico e jornalista paulistano que vem trabalhando com músicos como Gal Costa, Tom Zé, Nando Reis, Erasmo Carlos, Mallu Magalhães, entre outros). No disco, festejado pela crítica especializada, o artista mineiro se aventura por uma linguagem mais pop, com canções diretas e que pretendem atingir um público maior. Prova disso, é a regravação da canção "Me Adora", sucesso da baiana Pitty, e a participação especial de Maria Gadú na canção "Quando Alguém", de autoria do próprio artista.

No show, o músico, influenciado pelas suas últimas investidas, se apresenta tocando canções dos seus discos e interpretando artistas consagrados como Ângela Ro Ro, Caetano Veloso, Chico Buarque e Rita Lee. A mistura de referências, épocas e estilos ganha unidade através da cuidadosa interpretação do artista.
No palco, César Lacerda se apresenta munido apenas do violão e a sua voz.
Segundo ele, “a intenção é fundir a exuberância perfeita de um João Gilberto com a sedução de personagens mais populares como um Herbert Vianna. A busca por uma interpretação que evidencie a potência das canções é o norte deste novo show.”

Horário:

22h00

Local:
Teatro Diogo Bernardes
Preço:

5,00€

Informação adicional:

Os bilhetes (5,00€) serão disponibilizados a partir das 9h00 do próximo dia 3 de outubro (quinta-feira).

O número máximo de entradas a adquirir será de 4 bilhetes por pessoa, apenas no caso de existirem filas para a procura dos mesmos, podendo ir até ao máximo de 6 bilhetes por pessoa no caso de espectadores que pretendam adquirir a totalidade de lugares de uma frisa ou camarote de 1.ª classe ou camarote de 2.ª classe, com esse número de lugares (6 lugares), conforme constar na planta de lugares publicitada na Bilheteira do Teatro Diogo Bernardes e no website municipal, também apenas no caso de existirem filas para a procura dos mesmos (http://www.cm-pontedelima.pt/thumbs/uploads/writer_file/image/2230/MapaTDB_Final_1_1024_2500.jpg).

Relativamente aos pedidos realizados por correio electrónico, apenas serão atendidos os recebidos a partir da hora e data de disponibilização na bilheteira física, divulgada no mural oficial do facebook, nas mesmas condições acima indicadas e após serem satisfeitas as aquisições presenciais.

Maiores de 6 anos.

Mais informações podem ser obtidas pelo telefone 258 900 414 ou pelo email teatrodb@cm-pontedelima.pt.