.: Município de Ponte de Lima :.
Página Inicial
Para visualizar as imagens rotativas tem que instalar o leitor de flash, clique aqui.
Infinite Menus, Copyright 2006, OpenCube Inc. All Rights Reserved.
Categorias Categorias
Acção Social
Ambiente
Autarquia
Cultura
Desporto
Economia
Educação
Juventude
Modernização Administrativa
Protecção Civil
Saúde
Serviços
Sociedade
Turismo
Agenda de Eventos
Categorias
15 de outubro a 15 de abril
  Exposição: 'Brinquedos Mágicos: A Marca ARLO'
01 de janeiro a 31 de dezembro
  Exposição Permanente: 100 Anos de Brinquedos Portugueses
01 de janeiro a 31 de dezembro
  Exposição Permanente de Arte Sacra
01 de janeiro a 31 de dezembro
  Exposição Permanente no Centro de Interpretação da História Militar de Ponte de Lima
01 de janeiro a 31 de dezembro
  Exposição Permanente: 'O Vinho Verde - Passado e Presente'
Todos os Eventos
Agenda Cultural
Portal da Educação

Websites do Município

Figuras Limianas
D. Frei Francisco de S. Luís
 
px
Tribunal decidiu - Limiano é de Ponte de Lima
Economia| 29 de outubro de 2010
Tribunal decidiu - Limiano é de Ponte de Lima
Tribunal decidiu - Limiano é de Ponte de Lima

I.

A marca relativa ao QUEIJO LIMIANO, registada no Instituto Nacional da Propriedade Industrial (INPI) com o n.º 158292 "LIMIANO - PONTE DE LIMA" é do Município de Ponte de Lima. Assim foi decidido por sentença proferida pelo Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto.

 

II.

1. Em 10.09.99, o Município de Ponte de Lima requereu ao INPI a declaração de caducidade do registo da marca nacional nº 158292 "LIMIANO - PONTE DE LIMA" e a concessão de registos das marcas nacionais "QUEIJO LIMIANO" e "MANTEIGA LIMIANA".

2. Em 15.12.99, o Chefe de Divisão de Marcas do INPI, deferiu o despacho apresentado pelo Município de Ponte de Lima, proferindo despacho de declaração de caducidade do registo da marca nacional nº 158292 "LIMIANO - PONTE DE LIMA" e do registo das marcas "QUEIJO LIMIANO" e "MANTEIGA LIMIANA".

3. Em 24.01.2000, o Conselho de Administração (CA) do INPI deliberou revogar o despacho de declaração de caducidade daquele registo de marca nacional, bem como a deliberação da mesma entidade e da mesma data que revogou os despachos de concessão de registos das marcas nacionais nº 339002 - "QUEIJO LIMIANO" e 339004 - "MANTEIGA LIMIANA", proferidas pelo Chefe de Divisão de Marcas Nacionais do INPI em 15.12.99.

4. O Município de Ponte de Lima, inconformado com a deliberação do CA que revogou o despacho de declaração de caducidade de registo de marca nacional e os despachos de concessão de registo das marcas nacionais 339002 e 339004, interpôs junto do Tribunal Administrativo e Fiscal do Porto, 2ª U.O., 3º Juiz, proc. nº 329/00, em 27.03.2000, um recurso contencioso de anulação daquela deliberação do CA do INPI, contra o CA do INPI e a recorrida particular "Lactoibérica, Indústria de Lacticínios e Queijo, SA".

5. Na controvérsia do recurso sobre a competência material para apreciação do pleito decidiu por acórdão o Supremo Tribunal Administrativo (STA), que o tribunal competente para julgar o recurso é o TAF-Porto.

6. O TAF-Porto, em sentença agora proferida, anulou a deliberação do CA do INPI.

 

III.

1. A sentença proferida anulou a deliberação do CA do INPI, que revogou o despacho de declaração de caducidade da marca nacional nº 158292 "LIMIANO - PONTE DE LIMA", e de registo das marcas nacionais nº 339002 - "QUEIJO LIMIANO" e 339004 - "MANTEIGA LIMIANA", fazendo emergir na titularidade do Município de Ponte de Lima o direito de registo das referidas marcas nacionais.

2. O TAF-Porto na fundamentação da sentença considera que a marca "LIMIANO - PONTE DE LIMA" integra o nome do Município de Ponte de Lima, que constitui um direito subjetivo próprio, que é o direito ao nome, o qual é afetado com o uso da marca por parte da recorrida particular "Lacto Ibérica". Assim decide o TAF-Porto que o Município de Ponte de Lima tem legitimidade para intervir processualmente na defesa dos seus direitos subjetivos - direito ao nome.

3. Mais, considera o TAF-Porto que o Município de Ponte de Lima age na defesa de interesses legítimos, que são os interesses dos consumidores, no sentido de preservar a associação da marca a produtos oriundos da região de Ponte de Lima.

4. A sentença proferida pelo TAF-Porto reafirma os direitos e interesses legítimos do Município de Ponte de Lima sobre as marcas associadas ao QUEIJO LIMIANO, nomeadamente "LIMIANO - PONTE DE LIMA", "QUEIJO LIMIANO" e "MANTEIGA LIMIANA", as quais são por direito próprio das gentes de Ponte de Lima e do seu Município.

 

IV.

1. O Município de Ponte de Lima vai prosseguir sem vacilar no rumo ou trajetória, cada vez com mais vigor, na defesa dos interesses sócio-económicos das suas gentes, impedindo que terceiros ilicitamente se apropriem de expressões associadas à procedência ou naturalidade de Ponte de Lima, que integradas em marcas comerciais nacionais geram ilicitamente avultados rendimentos económicos que exclusivamente fazem seus.

2. O Município de Ponte de Lima jamais abrandará a guarda na defesa dos direitos e interesses legítimos dos munícipes e não transige na recuperação do património histórico, social e económico que é o QUEIJO LIMIANO, assim como no ressarcimento dos avultados e incomensuráveis prejuízos decorrentes do uso ilegítimo da marca "LIMIANO - PONTE DE LIMA", por quem conscientemente ao longo de vários e sucessivos anos se vêm locupletando ilicitamente à custa do sacrifício dos direitos e interesses das gentes limianas.

Palavras chaves
voltar
Imprimir Imprimir Enviar Enviar
Share
topo
Últimas notícias da categoria: Economia
Ponte de Lima Empreende | Apresentação pública do Portal “Biz Ponte de Lima” | Auditório Municipal – 24 de março – 18 horas | 23.03.2017
Empresa Instalada em Ponte de Lima Inaugura Centro de Engenharia | Secretário de Estado Adjunto do Comércio e Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima visitam este novo equipamento | 10.02.2017
Formação Certificada de Serviço de Vinhos – Ponte de Lima Clara Penha – Casa dos Sabores | 24.01.2017
Município de Ponte de Lima presente na AgroSemana – Feira Agrícola do Norte | 09.09.2016
Ponte de Lima - Visita de Trabalho à Carsiva – Unidade industrial de Carnes | 13.06.2016
 
Cidadania Ativa
 
 
 
 
 
 
Certificado N.º 2016/CEP.5130

Previsão do Tempo
 
+ dias | Risco de Incêndio
Farmácias
Notícias via e-mail

Coloque o seu email: