Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Albergue de Peregrinos de Ponte de Lima registou em 2017 um aumento de Peregrinos de 17% relativamente a 2016

Serviços
Albergueperegrinos2017 1 1024 1000
23 Janeiro 2018

O Albergue de Peregrinos de Ponte de Lima, ano após ano, regista aumentos extremamente significativos e, conforme se pode verificar nos dados estatísticos de 2017, recebeu no ano findo 13558 Peregrinos, dos quais 11891 pernoitaram e 1667 transitaram (carimbaram a Credencial do Peregrino), o que representa um aumento em relação a 2016 de, respectivamente, 1727 (16,99%) e 237 (16,57%) Peregrinos.

Curioso foi o facto do mês de setembro ter sido aquele que mais Peregrinos trouxe ao Albergue (2165, dos quais 1817 a pernoitar), contrariando a normal prioridade obtida, desde a abertura do equipamento, pelo mês de agosto.

Outro facto a registar é que as mulheres ultrapassaram os homens, com valores de 7105 Peregrinas e 6453 Peregrinos, bem como o cada vez maior distanciamento verificado nos meios de locomoção: 12988 a pé e 570 de bicicleta.

No que respeita às faixas etárias, as que se evidenciam são a dos 21-30 anos (2027 Peregrinas e 1244 Peregrinos, num total de 3271) e dos 31-40 anos (1099 Peregrinas e 1003 Peregrinos, somando 2102), sublinhando o facto dos Peregrinos mais idosos terem 86 anos, no caso do sexo masculino e 87 anos, no feminino.

Os 10 países que encabeçam a lista de Peregrinos de 73 nacionalidades arroladas são Alemanha (3546), Portugal (2256), Itália (1397), Espanha (1076), Polónia (682), França (508), EUA (380), Países Baixos (379), Brasil (349) e República Checa (307).

Torna-se, contudo, importante destacar que os Peregrinos chegam um pouco de todo o mundo, como, de entre muitos exemplos, Argélia (130), Lituânia (57), Japão (51), Índia (5), Filipinas (5), Síria (4), Malásia (3), Singapura (3), Taiwan (3), Quénia (2), Marrocos (2), Albânia (1), Guatemala (1), Irão (1), Líbano (1), Moçambique (1), Nepal (1) e Tailândia (1).

Os principais locais de partida foram Porto (9044), Lisboa (784), Barcelos (427), Ponte de Lima (376), Braga (240), S. Pedro de Rates (108) e Fátima (106), numa listagem muito extensa que reúne pontos de partida que testemunham a importância do reconhecimento do Caminho Português de Santiago para os que procuram um trilho devidamente fundamentado em termos históricos. Referimo-nos, neste último caso, a locais como Vila do Conde (48), Matosinhos (18), Viana do Castelo (16), Sevilha (15), Abade de Neiva (11), Póvoa de Varzim (11), Sagres (4), Badajoz (3), Vila Real de Santo António (3), Cádis (2), Fão (1), Granada (1) e Madrid (1).

Pese embora a maior parte dos Peregrinos tenha como destino Santiago de Compostela (11677), muitos dos que têm como meta Fátima (214) também procuram o Albergue de Peregrinos de Ponte de Lima e os locais de partida são realmente de evidenciar: Santiago de Compostela (92), S. Jean de Pied de Port (29), Irun (11), Le Puy (6), Lourdes (5), Oviedo (4), Pamplona (4), Bilbao (3), Leon (3), Toulouse (3), Astorga (2), Biarritz (2), Helsínquia (2), Roncesvalles (2), Barcelona (1), Hendaye (1) Logroño (1), Marselha (1), Ourense (1), Roma (1), San Sebastian (1), Santander (1), Tours (1) e Varsóvia (1).

Consulte:

Dados Estatísticos do Albergue de Peregrinos em 2017