Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

visitar

Música de Câmara pelo Quarteto de Cordas de Matosinhos e António Rosado (piano)

Cultura
Festival perc indiv 2018 24 1 1024 2500
17 Jul
Adicionar a calendário 2018-07-17 14:45:00 2018-07-17 14:45:00 Europe/Lisbon Música de Câmara pelo Quarteto de Cordas de Matosinhos e António Rosado (piano)

Festival Percursos da Música – Ponte de Lima

Largo da Alegria (Além da Ponte)

Festival Percursos da Música – Ponte de Lima

 
Música de Câmara pelo Quarteto de Cordas de Matosinhos e António Rosado (piano)
Quarteto de Cordas de Matosinhos:
- Vitor Vieira - violino
- Juan Maggiorani - violino
- Jorge Alves - viola
- Marco Pereira - violoncelo
 
António Rosado - piano
 
Quarteto de Cordas de Matosinhos
Aclamado como um "caso singular de excelência no panorama musical português" (Diana Ferreira, Público, 2010), o Quarteto de Cordas de Matosinhos (QCM) foi criado pela Câmara Municipal de Matosinhos através de um concurso público. Desde 2008 é residente desta cidade, onde desenvolve uma temporada regular de concertos.
Na temporada de 2014-15 o QCM foi escolhido como um dos ECHO Rising Stars, apresentando-se assim em algumas das mais importantes salas de concerto europeias, como o Barbican em Londres, o Concertgebouw em Amesterdão, o Musikverein em Viena, as Philharmonies de Hamburgo, Colónia e Luxemburgo, o Konzerthaus em Dortmund, o Megaron em Atenas ou o Palace of Arts em Budapeste. O QCM apresenta-se também regularmente nas maiores salas de concerto portuguesas, como a Casa da Música, Fundação Calouste Gulbenkian e Centro Cultural de Belém e colabora com alguns dos mais destacados músicos portugueses, tais como Pedro Burmester, António Rosado, Miguel Borges Coelho, António Saiote, Paulo Gaio Lima e Pedro Carneiro.
Desde a sua criação, o QCM assumiu um forte compromisso com o repertório português para quarteto de cordas, interpretando muitas obras menos conhecidas e abraçando novas obras de compositores contemporâneos: o QCM estreou já mais de 20 novas obras. O outro principal objectivo artístico do QCM vem sendo cumprido com a interpretação em Matosinhos do grande repertório para quarteto de cordas: as obras completas de Mozart e Mendelssohn foram já apresentadas, estando em curso as integrais de Haydn, Beethoven e Shostakovich.
O QCM e os seus membros foram reconhecidos com prémios nos mais importantes concursos musicais nacionais, como o Prémio Jovens Músicos da RDP e o Concurso Internacional de Música de Câmara "Cidade de Alcobaça". Todos os membros estudaram na Academia Nacional Superior de Orquestra e aperfeiçoaram a sua arte em várias escolas de prestígio, incluindo a Escuela Superior de Música Reina Sofia (Madrid), a Northwestern University (Chicago) e o Conservatório de Sion (Suíça). O QCM também realizou formação especializada no Instituto Internacional de Música de Cámara de Madrid, onde estudou com Rainer Schmidt (violinista do Quarteto Hagen), além de trabalhar em masterclasses com membros de grandes quartetos de cordas, como Alban Berg, Lasalle, Emerson, Melos, Vermeer, Kopelman e Talich.
“(...) O Oitavo Quarteto de Shostakovich, com que terminou o concerto, foi intenso e emotivo (...) Foi alternadamente espectral, violento e refinado.” Tim Hofray, em Strad Magazine, 2015
"(...) Quarteto de Cordas de Matosinhos, um conjunto de grande refinamento, capaz de dominar as inúmeras dificuldades a que a música de hoje os desafia, e ao mesmo tempo extrair uma musicalidade cheia de sentido e beleza (...)" Paco Yáñez , em mundoclassico.com, 2011
 
António Rosado
António Rosado tem uma carreira reconhecida nacional e internacionalmente, corolário do seu talento e do gosto pela diversidade, expressos num extenso repertório pianístico que integra obras de compositores tão diferentes como Georges Gershwin, Aaron Copland, Albéniz ou Liszt. Esta versatilidade permitiu-lhe apresentar, pela primeira vez em Portugal, destacadas obras como as Sonatas de Enescu ou paráfrases de Liszt, sendo o primeiro pianista português a realizar as integrais dos Prelúdios e também dos Estudos de Claude Debussy. No registo dos recitais pode incluir-se também a interpretação da integral das sonatas de Mozart.
Actuou em palco, pela primeira vez, aos quatro anos de idade. Os estudos musicais iniciados com o pai tiveram continuidade no Conservatório Nacional de Música de Lisboa, onde terminou o curso Superior de Piano, com vinte valores. Aos dezasseis anos parte para Paris, e aí vem a ser discípulo de Aldo Ciccolini no Conservatório Superior de Música e nos cursos de aperfeiçoamento em Siena e Biella (Itália).
Em 1980, estreou-se em concerto com a Orchestre National de Toulouse, sob a direcção de Michel Plasson e desde essa data tem tocado com inúmeras orquestras internacionais e notáveis maestros como: Georg Alexander Albrecht, Moshe Atzmon, Franco Caracciolo, Pierre Dervaux, Arthur Fagen, Léon Fleischer, Silva Pereira, Claudio Scimone, David Stahl, Marc Tardue e Ronald Zollman.
Também na música de câmara tem actuado com prestigiados músicos como Aldo Ciccolini, Maurice Gendron, Margarita Zimermann, Gerardo Ribeiro ou Paulo Gaio Lima, com o qual apresentou a integral da obra de Beethoven para violoncelo e piano.
Laureado pela Academia Internacional Maurice Ravel e pela Academia Internacional Perosi, António Rosado foi distinguido pelo Concurso Internacional Vianna da Motta e pelo Concurso Internacional Alfredo Casella de Nápoles. Estes prémios constituem o reconhecimento internacional do seu virtuosismo e o impulso para uma brilhante carreira, com a realização de recitais e concertos por todo o Mundo, e a participação em diversos festivais. Na década de 90, foi o pianista escolhido pela TF1 para a gravação e transmissão de três programas – música espanhola e portuguesa, Liszt e, por fim, um recital preenchido com Beethoven, Prokofiev, Wagner-Liszt.
Em 2007, a França nomeou-o Chevalier des Arts et des Lettres.

Programa

José Vianna da Motta (1868-1948) - Quarteto de Cordas n.1 em Mi Bemol Maior
I. Andante molto espressivo
II. Allegro molto
III. Molto adagio
IV. Allegro grazioso
 
César Franck (1822-1890) - Quinteto com piano em Fá Menor
I. Molto moderato quasi lento - Allegro
II. Lento, con molto sentimento
III. Allegro non troppo ma con fuoco
Horário:

22h00

Local:
Largo da Alegria (Além da Ponte)