Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Tempos de festa em Ponte de Lima (séculos XVII-XIX)

Publicações
Tempos de festa ptl 1 1024 2500
19 Junho 2017

BARBOSA, António Dantas - Tempos de festa em Ponte de Lima (séculos XVII-XIX). Ponte de Lima: Município de Ponte de Lima, 2017. 355 p. ISBN 978-972-8846-61-9.

  • Preço: €50,00 (inclui o valor da txa de IVA legal em vigor)
  • Como encomendar: contacte-nos através do e-mail: arquivo@cm-pontedelima.pt

Apresetação

A actividade editorial do Município tem mantido um dinamismo reconhecido a todos os níveis, existindo uma preocupação constante em divulgar Ponte de Lima nos mais variados aspectos, na certeza que o livro, seja como objecto, obra de arte ou manancial de conhecimentos, científico e/ou de ficção, e a palavra escrita continuarão a ombrear com qualquer sistema vanguardista que se lhe queira comparar, opor ou substituir.

Muitas têm sido as temáticas abordadas pelas publicações municipais mas, perante esta obra, em que a História é o alicerce fundamental de todo o conteúdo do trabalho, regressamos a muitas das nossas origens e inevitavelmente somos obrigados a estabelecer a comunicação com um trinómio recorrente que alia memória, identidade e tradição.

O sugestivo título Tempos de Festa em Ponte de Lima (séculos XVII - XIX) leva-nos, nalguns casos, para a origem e, noutros, para a continuidade, nas balizas cronológicas estabelecidas, de muitas festividades que nos dias de hoje perduram e que fazemos questão de manter,dignificar e valorizar para entregar aos que nos sucederem com mais-valias acrescidas, como é o caso notável da presente publicação.

Estamos perante uma tese de doutoramento brilhantemente defendida na Universidade do Minho pelo Doutor António Francisco Dantas Barbosa, um Limiano que estou certo muito ainda dará a Ponte de Lima na senda de outros trabalhos publicados, sob a douta orientação da Prof. a Doutora Maria Marta Lobo de Araújo, que também já dedicou muito do seu labor científico à nossa Terra.

No trabalho que temos em mãos, o autor não se poupou a esforços para investigar e trazer à luz muitas facetas até agora desconhecidas das festividades na Época Moderna, num contributo que, à face do que acontece nesta nossa era da História, a Época Contemporânea, permite-nos percepções distintas e dá-nos a oportunidade de entender a participação popular nas festividades em conjugação com o sagrado, explicando as apropriações ocorridas de parte a parte numa necessidade constante de fazer e ser a festa.

Termino com um agradecimento pessoal e em nome do Município de Ponte de Lima ao Doutor António Francisco Dantas Barbosa, com a esperança que continue a investigar Ponte de Lima e nos ajude a compreender mais e melhor aquilo que somos, se assim o entender, de entre outras abordagens, através das festividades.

Victor Mendes

Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima