Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Ponte de Lima: 8.º Festival Internacional de Jardins = 8th International Garden Festival

Publicações
Imagem 1 1024 2500
28 Maio 2012

VIEIRA Ovídio; [et.al.] - Ponte de Lima: 8.º Festival Internacional de Jardins = 8th International Garden Festival. Município de Ponte de Lima: Ponte de Lima, 2012. 147 p. ISBN 978-972-8846-41-1.

  • Preço: €12,00 (inclui o valor da taxa de IVA legal em vigor)
  • Como encomendar: contacte-nos através do e-mail: arquivo@cm-pontedelima.pt

Apresentação

Chegados ao final de maio, mais precisamente à última sexta-feira do referido mês, aqui estamos de novo a dar largas à satisfação que temos em afirmar que o Festival Internacional de Jardins de Ponte de Lima cumpre com os seus desígnios por mais um ano.

São oito edições consecutivas que muito nos orgulham e motivam para continuar a empreender um trabalho dedicado e com muito esforço de maneira a dar seguimento à projeção do certame em todos os cantos do mundo, com destaque para revistas especializadas e diversos meios de comunicação social.

Esta realidade deve-se, sobretudo, a três fatores: arrojo, crença e ambição.

Em Ponte de Lima, sempre que um projeto tem pernas para andar, não hesitamos em ser arrojados, em apostar no empreendedorismo, dando exemplos de que é possível realizar aquilo que sonhamos se soubermos desafiar o futuro com muita convicção e cheios de ânimo. Isso leva-nos, numa sequência lógica, à crença. Acreditar sempre que será viável mais e melhor e envidar todos os esforços para demonstrar que, acreditando e, acima de tudo, arregaçando as mangas da camisa, basta querer para que um plano passe do papel ou da nossa mente para uma efetiva concretização em prol da elevação do nome de Ponte de Lima, contribuindo para a fixação das suas populações e para a atratividade que tanto procuramos e que pode ser uma alavanca de extrema importância em termos turísticos, culturais, sociais e económicos.

Por último, mas não menos importante, a ambição Ser ambicioso quando se gerem dinheiros públicos é uma grande responsabilidade a que estamos obrigados, pois o querer mais nem sempre é desejar o melhor.

Saber destrinçar entre quantidade e qualidade, tendo em mente o bem-estar dos nossos concidadãos, é um exercício diário que praticamos, de maneira que a ambição se não torne numa sofreguidão doentia e que pode levar a finais desastrosos

Contudo, no que respeita ao Festival Internacional de jardins, continuaremos ambiciosos, estando em preparação e, algumas, em execução, diversas ações de promoção que visam uma maior internacionalização do evento, com a consequente captação de criadores e artistas e o envolvimento de profissionais de muitos e variados sectores que podem servir de estímulo para que este acontecimento anual atinja uma imagem de marca que se quer em constante subida, uma vez que em termos de público visitante o seu sucesso é um dado adquirido.

As candidaturas a fundos estruturais encontram-se no caminho certo e compete-nos posteriormente a aplicação dos meios financeiros em moldes que nos autorizem, dentro de um curto espaço de tempo, publicitar excelentes resultados para os objetivos previstos nas próximas edições do Festival Internacional de jardins de Ponte de Lima.

Para isso trabalhamos com arrojo, crença e ambição, pelo que será com muita satisfação que na nona edição, em 2013, estaremos de novo convosco para darmos conta dos patamares atingidos e das ações entretanto executadas.

Até lá, esperamos que não percam a oportunidade de se alimentarem culturalmente com este belo conjunto de jardins p'ra Comer.

Victor Mendes 
Presidente da Câmara Municipal de Ponte de Lima