Passar para o Conteúdo Principal Top
Logótipo

municipio

Município de Ponte de Lima comparticipa obras de requalificação da rede viária em diversas freguesias do concelho no valor de cerca de 300.000€

Autarquia
Vila 2003 ctr 2 1 1024 2500
14 Julho 2017

O Município de Ponte de Lima aprovou a atribuição de subsídios, na forma de comparticipações financeiras, para apoiar a requalificação da rede viária municipal. Desta feita as juntas de freguesia contempladas foram as de Calheiros, Calvelo, Refoios do Lima, Santa Cruz do Lima e Fontão. No total foram aprovadas comparticipações superiores a 300.000€ (trezentos mil euros).

Assim, à freguesia de Calvelo foi atribuída uma comparticipação financeira no valor de 10.306,38€ (dez mil trezentos e seis euros e trinta e oito cêntimos) destinada à obra de beneficiação da “Rua de S. Veríssimo e Travessa de Cadém”. À freguesia de Refoios do Lima foi atribuída uma comparticipação financeira no valor de 11.886,84€ (onze mil oitocentos e oitenta e seis euros e oitenta e quatro cêntimos) destinada à obra de “Reconstrução de muros de suporte das Ruas de Merouço, Lapa e Travessa de Ranhados”. À freguesia de Santa Cruz do Lima foi atribuída uma comparticipação financeira no valor de 117.437,40€ (cento e dezassete mil quatrocentos e trinta e sete euros e quarenta cêntimos) destinada às obras de beneficiação de “diversas ruas intervencionadas com obras de saneamento básico”. À freguesia de Fontão foi atribuída uma comparticipação financeira no valor de 114.072,45€ (cento e catorze mil e setenta e dois euros e quarenta e cinco cêntimos) destinada a obras de beneficiação de “infraestruturas elétricas e de telecomunicações, construção de parque infantil e pavimentação do início da Rua do Vigário”.

Com a atribuição destas verbas, o Município de Ponte de Lima continua a dar seguimento à sua política de requalificação e beneficiação da rede viária municipal e de recuperação de equipamentos municipais, dotando as freguesias do concelho limiano de melhores acessibilidades e proporcionando aos seus habitantes a utilização de espaços públicos mais bonitos, mais funcionais e com maior segurança.